quarta-feira, 24 de junho de 2015

Como é relaxante costurar papel!

 
Tá aí algo que me deixa baita feliz: costurar papel. Acho beeem mais relaxante do que costurar tecido. Quando minha cabeça está meio fora do lugar, já sei que o melhor a fazer é encadernar. Acho tão lúdico passar cola com o rolinho, fazer os acabamentos com pincel, medir com régua e marcar tudo à lápis. Lembra infância, primário, sala de aula, professora.
 
E por falar em professora, aproveitei uma visita da minha sogra aqui em Brasília para reunir o trio de meninas Basile para uma aula particular aqui no ateliê com a profe Tê Pires. Eu, a Maíla e Beth passamos uma manhã muito gostosa ao lado da Teresa!
 

Nosso desejo era aprender a costura copta. Os cadernos feitos com essa técnica não tem lombada (lindeza!) e o trançado das linhas fica aparente, como um bordado. Daí, há muito tempo eu e a Maíla namorávamos a tal da copta. Para nós, era um mistério como amarrar os cadernos assim. Só tínhamos ouvido falar que era necessário usar 4 agulhas ao mesmo tempo e isso nos dava #medo, #muitomedo.


 A Tê Pires tem uma didática ótima. E com um saltinho daqui, uma costura torta de lá, logo compreendemos o processo e nasceram 3 cadernos. Ficamos tão empolgadas que no mesmo dia, eu, Beth e Ma nos reunimos de novo para costurar mais! O resultado está aí!


Pra quem se interessou, a Teresa dá aulas particulares aqui em Brasília. Se você mora em outra cidade ou país, mas tem vontade de encadernar, não desanime! Ela tem cursos online no site Eduk. Eu ainda não testei as aulas virtuais, mas estou morrendo de vontade!
 
Ah! E ela ainda tem uma loja virtual de carimbos de ba-barrrrrr!!!


Um comentário:

  1. Ficaram lindos, Vivi! A Tê é fofa demais e os cursos online são excelentes, já tenho dois e dá pra aprender direitinho! Grande beijo!

    ResponderExcluir

Ei, estou curiosa para saber o que você achou. É só escrever aqui, clicar duas vezes, e postar... Vamos alinhavar este papo?