segunda-feira, 21 de março de 2011

Bordar no avião. Pode?

Antes de viajar de avião, sempre penso em como posso gastar de forma inteligente aquelas intermináveis horas na poltrona. Não há muita opção, né? Livros, música, uma barra de chocolate... Sempre tive vontade de arriscar uma costurinha no voo, mas ficava apreensiva com o detestável raio X e o detector de metais. Gentem! E se confiscam minhas agulhas? Resolvi tentar.....


Guardei em uma necessaire pequena: o paninho com os exercícios que a minha professora Ana Vergara passou para eu treinar em casa, um agulha e 3 novelos de linha. Para minha surpresa, as agulhas passaram _numa boa_ pelo esquema da segurança! Ufa!


Algumas de vocês podem estar se perguntando como eu cortei as linhas, afinal, tesouras não passam pelo raio X nem com reza brava. Eu mesma já fiquei sem uma que era ótima. Bem, daí vem o segredo que quero compartilhar com vocês... Essa mini ferramenta aqui ó...


O corta linha substitui a tesoura direitinho! Ele passa no raio X porque é de plástico. Funciona assim: nos buraquinhos há uma lixa. Quando você encosta a linha, ela parte. O meu é nacional, da Toke e Crie. Já vi outros importados.

Você encontra o corta linha em lojas para scrapbook. Ele também é conhecido como distresser. É que a turma da scrap costuma usá-lo para rasgar delicamente as bordas dos papéis e criar um efeito envelhecido. Fica bem bacana...


E lá fui eu... viajando e bordando. Assim o tempo passou bem rápido. Logo ouvi o aviso de que já estava na hora de pousar.

E aí? Que tal preparar um kit bordado na sua próxima viagem?

13 comentários:

  1. Vivi, já imaginei um ataque terrorista: "- quietos ou eu faço ponto rococó no uniforme de todas as aeromoças!! "
    Agora, bordar em voô doméstico só com um bastidor com no máximo 15 de diâmetro. Mal cabem minhas parcas perninhas naquele espaço!

    ResponderExcluir
  2. Ingegnosa! Non sapevo che gli aghi passano i controlli di sicurezza ;) per il crochet non c'è speranza vero?

    ResponderExcluir
  3. vivi, adorei seu blog. Já linkei no meu.
    adorei a dica de bordar no avião. Sempre fico entediada naquela poltrona desconfortável. na próxima viagem, já sei o que levar para passar o tempo. Além do velho e bom livro, claro.
    bjbjbjb
    ///~..~\\\

    ResponderExcluir
  4. Gente a minha schnauzer Petité que acaba de ter 4 filhotes é igualzinha ao cachorrinho do bordado. Que fofo..Que trabalho lindo. Parabéns!!!
    Penha Saviatto da turma do Café&Veneno

    ResponderExcluir
  5. Oi Vivi!!
    Sabe que da última vez que fui a São Paulo eu me esqueci e levei minha necessaire de bordado dentro da bolsa por acaso(ela sempre tá lá na hora da espera) e o deetctor não achou minha tesoura de garça nem na ida nem na volta, acredita?
    Como onde eu moro não dá pra ir e vir de avião eu já me acostumei as horas dentro do carro bordando ou lendo... já seleciono o projeto de cada viagem, já que fico umas 8 horas dentro do carro, dá até pra terminar o projeto na viagem mesmo!!
    O bom do bordado é que ajuda a passar o tempo, e sempre tem alguém que se interessa por alguém jovem bordando (acho a maior graça), ótimo pra fazer novas amizades!!
    um super beijo

    ResponderExcluir
  6. Adoro fotos tiradas em lugares x que ficam lindas de uma forma despretenciosa!! (olha o craft até na mesinha e avião!)

    Que coisa criativa sua ideia! Pergunta pra mim o que vou fazer em uma certa viagem no fim da tarde de sexta, pergunta! ;)

    Eee! Adorei o kit engana "detector de metais" e ri horrores com o comentário da Cigarra aí de cima!

    Beijo beijo e estão liiindos os bordados!

    Ma

    ResponderExcluir
  7. esperta você!
    Cortar linha de bordado com os dentes NUNCA MAIS, hahaha!
    A TiaAna ficou feliz com o dever e com a invencionice... pode repetir mais vezes!
    Que bom que o bordado seja importante para você... faz parte do meu dia-a-dia e eu sou super feliz de ter aprendido esta arte!
    Beijos e parabéns, Vivi!
    DaAna
    www.flickr.com/bordadosdaana

    ResponderExcluir
  8. Cuidado, Vivi. Outro dia, por muito menos que isso, nossa amiga Glau (quitandoca) quase foi parar no xilindró! kkk, vcs aprontam! Bjs. TRICIA

    ResponderExcluir
  9. Vivi, o nome sessa ferramenta de scrapbook é "ferramenta de distress" ou distressador, serve pra "distressar" papel, ou seja, deixá-lo com as bordas gastas, dando a imperessão de antiguinho! agora temos uma nova utilidade pra ele, cortar linha, yey!
    bjs
    Danielle Schelb

    ResponderExcluir
  10. Super pode!!
    Inclusive pra quem tem medo de voar é maravilhoso. Vc fica tão concentrada em acertar o ponto que nem percebe as turbulências, barulhos estranhos e coisas outras que atormentam a viagem =)
    agora... quê coisinha fofa esse cortador de linha! um mimo!!

    ResponderExcluir
  11. Vc salvou a minha vida!!! Em maio eu e uma amiga estamos indo viajar e não sabíamos o que fazer nas 8 horas de vôo sem tesouras...estávamos sofrendo...rsrsrs!
    Providenciarei imediatamente meu "distressante" e viajarei tranquilissima costurando horrores!! (ainda mais sendo vôo com cia nacional, imagino que eles sejam beeeeem mais relax do que os amigos americanos!Vou tentar, se me confiscarem as agulhas venho contar tá?)
    beijo,
    Veri

    ResponderExcluir
  12. Viviane, seu voo foi internacional? será q as agulhas nao ficam no mega hiper power raio x americano?

    ResponderExcluir
  13. Arrumando a mala pra viajar, meu kit de bordado vai na bolsa e vou usar pela primeira vez o cortador de linha, o meu é nacional, igual ao seu.
    Uma dica boa também é usar agulhar de plástico, você pode comprar na farmácia agulhas para passar fio dental, pra bordar no etamine é tranquilo. Beijos, Aracy

    ResponderExcluir

Ei, estou curiosa para saber o que você achou. É só escrever aqui, clicar duas vezes, e postar... Vamos alinhavar este papo?